5 de abr de 2013

0 Mulher V - Ela busca Oportunidades


7º Qualidade: Ela vai em busca de oportunidades
Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. 
Provérbios 31:16-17
Ás vezes  os nossos afazeres sugam todo o nosso tempo, não restando quase nada para coisas novas, ideias novas, oportunidades novas.

As oportunidades são como tesouros escondidos, e as pistas não são muito claras - poucas de nós entendem. Mas a Mulher V também fica de olho em novas oportunidades de aumentar seu ganho. As pessoas que estão sempre em busca de novas oportunidades olham de cima e, por isso, veem mais longe. É por isso que  elas são diferentes; é por isso que se destacam. Elas fazem o que ninguém pensa em fazer.
Tomam iniciativa!
E quando você toma mais inciativa você certamente acha mais oportunidades. A Complacência mata as oportunidades, se você se conforma em fazer as mesmas coisas todos os dias, vai acabar perdendo o que a vida tem de melhor para lhe oferecer.
Viver é mudar, é se tornar melhor, é fazer melhor, é crescer. A vida é cheia de oportunidades  não importa de onde você venha, onde more, quem você seja ou quem tenha sido. O futuro depende de nós, do que fazemos hoje. Se não fizermos algo diferente, o futuro provavelmente será pior.
Maria Madalena (Mateus 28:5-7) arriscou sua própria vida indo ao tumulo do Senhor Jesus, pois havia soldados lá, mas ela foi assim mesmo e quando chegou lá deparou-se com o tumulo vazio, ela chorou amargamente por não ter visto o corpo do seu Senhor, e quando ela estava indo embora o próprio Senhor Jesus lhe apareceu, ela foi ao encontro do Senhor Jesus e Ele não poderia deixar ela sem sua presença, foi a oportunidade dela e ela buscou isso, nenhum discípulo tinha ido lá, foi ela que foi, nada mais justo o Senhor Jesus aparecer á ela primeiro.
São assim que surgem as oportunidades, se você ficar esperando as oportunidades baterem á sua porta, nunca as achará. Você tem que sair e procurá-las; só assim vai encontrá-las.

COMPARTILHE!
Reações:
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário