22 de jul de 2014

0 A primeira vez a gente nunca esquece

Quando estava na explanada do templo aguardando para entrar, já diante de tamanha grandeza, ali em espírito, tão pequena diante daquele monumento, um filme começou a passar em minha mente, toda minha vida até ali, todos meus acertos e principalmente meus erros que foram tantos.

Não pude conter as lágrimas em me lembrar que todos esses anos fui do céu ao inferno, cheguei ao mais profundo abismo, sim, quando desisti de mim mesma, não há nada pior do que viver por viver, sem expectativa nenhuma e mesmo assim tão podre como estava, Ele me estendeu Sua mão, eu não pedi, eu não clamei, porque não me achava merecedora, mas Deus havia me elegido, ah!!! Ele havia me escolhido, me limpou, me curou, me trouxe de volta para Sua casa, me deu Teu espírito, me fez forte quando estava fraca.

 E quando entrei naquele Santo lugar, quando contemplei tamanha maravilha e gozo na alma, ali tão pertinha de Deus compreendi que fui escolhida, eleita no ventre. Ele me fez lembrar daquela palavra em Jeremias 1:5   "Antes que eu te formasse no ventre, eu te conheci; e, antes que saísses da madre, te santifiquei e às nações te dei por profeta."

A experiência que vivi no Templo não há palavras humanas que possam descrever, foi esplêndido, foi revigorador. Foi um encontro só meu e Dele, tão pessoal e único.

Sei que terei outras oportunidades, outras experiências, mas sei, que como essa jamais. Pois a primeira vez a gente nunca esquece.

Obrigada meu Pai ... como é bom chama- lo de Pai ... como é bom saber que sou sua filha.

Se você já foi ao Templo compartilhe sua experiência também nos comentários.
COMPARTILHE!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário